Meditação pode ajudar paciente com doença inflamatória crônica, como asma

 

Meditação pode ajudar paciente com doença inflamatória crônica, como asma 
Do UOL Em São Paulo – 17/01/2013

 

 

  • A meditação ajudar pacientes com doenças que têm o estresse como fator importante para as crises, como asma, artrite reumatoide e doença inflamatória intestinalA meditação ajudar pacientes com doenças que têm o estresse como fator importante para as crises, como asma, artrite reumatoide e doença inflamatória intestinal

O estresse exerce um papel importante em doenças inflamatórias crônicas, como artrite reumatoide, doença inflamatória intestinal e asma. Para pessoas que sofrem desses males, técnicas como a meditação podem trazer alívio para os sintomas. É o que mostra estudo feito por pesquisadores da Universidade de Wisconsin-Madison e do Centro Waisman, nos EUA.

O tipo de meditação avaliado no estudo foi a chamada “mindfulness” (“atenção plena”, em inglês), que consiste em se concentrar na respiração, nas sensações corporais e no momento presente. Isso pode ser feito com a pessoa sentada, caminhando ou praticando ioga.

O estudo, publicado no periódico Brain, Behavior and Immunity, comparou dois métodos de redução de estresse: a meditação e um programa que incluía atividade física e terapia com música.

Os dois grupos receberam a mesma quantidade de treinamento e realizou as práticas com a mesma frequência e duração.

Segundo Melissa Rosenkranz, cientista do Waisman e principal autora do trabalho, a equipe usou uma ferramenta para induzir estresse psicológico nos voluntários, além de um creme que estimula a inflamação da pele.

As duas técnicas se mostraram úteis no combate ao estresse, mas a meditação se mostrou mais eficaz para reduzir a inflamação induzida por estresse.

Rosenkranz enfatiza que a meditação “mindfulness” não é uma pílula mágica, mas pode ajudar algumas pessoas. Além disso, pode ser um alternativa barata para complementar o tratamento de doenças.